Show de Destaques, Ofertas e Notícias!






07/08/2017 12:27:16

#alvorada





Publicidade







Foto: Supermercados Alvorada

     Para a elite brasileira da década de 1910, ir a Paris ao menos uma vez por ano era quase uma obrigação, pois garantia seu vínculo com a atualidade do mundo.

     A República do Brasil, recém-instalada, pretendia inaugurar uma nova era no país e, por conta disso tentou minimizar tudo o que lembrava o antigo império e o passado da colonização portuguesa, favorecendo a difusão de usos e costumes de Paris, como as vestimentas à moda francesa e a prática de se consumir bebida em mesas dispostas pela calçada. No Rio de Janeiro, então capital brasileira, cresceu o número de cafés e confeitarias que reproduziam o costume francês de servir com estilo e elegância. E as padarias, que ainda produziam um pão de casca e miolo escuros, começaram a ser solicitadas a reproduzir o pãozinho de casca dourada e miolo branco dos franceses.

     Então, os padeiros, pela descrição dos viajantes, criaram uma receita que passaram a chamar de "pão francês". Na verdade, a receita que os padeiros criaram atendeu, sim, às exigências de casca dourada e miolo branco, mas superou as características do pãozinho original, por ser mais macio e saboroso, com o acréscimo de um pouco de açúcar e gordura na massa.

     Hoje em dia, dizem que o nosso pão francês é um dos melhores do mundo e que alguns estrangeiros nos procuram para copiar a receita do nosso pão "tipo francês", que eles chamam de "pão brasileiro".

     Com o tempo, o novo pão francês foi ganhando apelidos diferentes em algumas cidades do Brasil, como pãozinho (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro), pão massa grossa (Maranhão), cacetinho (Rio Grande do Sul e Bahia), pão careca (Pará), filão, pão de jacó (Sergipe), pão aguado (Paraíba), pão de sal ou pão carioquinha (Ceará).

     O fato é que quentinho, saído do forno, o nosso pão francês tem um aroma imcomparável e é perfeito para receber uma camada de manteiga ou de queijo e o que mais a criatividade do brasileiro desejar. Isso sem contar as inúmeras preparações que se pode fazer com esse tipo de pão: de saborosas tortas salgadas na culinária do dia a dia às doces rabanadas que marcam presença em nossas mesas na época de Natal.

Fonte: Supermercados Alvorada (Sul de Minas Gerais)

www.zineshow.com/supermercadosalvorada 




----------------------

As matérias para divulgação de cidades, eventos e notícias devem ser enviadas para: contato@zineshow.com , ou publicadas diretamente pelos Usuários e Empresas cadastrados.

----------------------
Publicidade





Publicidade